Blefaroplastia (Plástica nas pálpebras)

O nosso olhar além de expressar vários sentimentos, é uma das características mais marcantes do semblante.

Com o passar do tempo, e fatores externos como a exposição solar excessiva, a pele palpebral envelhece e perde sua elasticidade, tornando-se flácida, com rugas e bolsas de gordura.

Além da questão estética, a queda das pálpebras pode interferir no campo visual.

A Blefaroplastia é indicada para corrigir a flacidez das pálpebras superiores e inferiores, removendo o excesso de pele e as bolsas de gordura.

Atenção: O vídeo, animações e conteúdos abaixo são representações simplificadas e genéricas dos diversos procedimentos cirúrgicos. Cada paciente individualmente pode ter uma escolha de técnica cirúrgica, evolução pós operatória, resultados e cicatrização diferentes.

Recomendações pré-cirúrgicas para Blefaroplastia

Programe sua vida diária e social nos dias seguintes à cirurgia, respeitando os cuidados necessários.

É importante que você esteja em boas condições de saúde para fazer a cirurgia.

Na consulta médica é realizada uma avaliação física completa e são solicitados exames laboratoriais.

Algumas recomendações deverão ser seguidas antes da cirurgia.

Informe ao seu médico os remédios que você usa normalmente, pois alguns devem ser suspensos, como é o caso dos anticoagulantes.

Nos dias que antecedem a cirurgia é aconselhável interromper o consumo de bebidas alcoólicas e o fumo.

Avise o médico em caso de gripe e indisposição antes da cirurgia.

8 horas antes jejum absoluto de alimentos sólidos e de líquidos.

O tempo da cirurgia, de internação e o tipo de anestesia serão informados pelo seu médico.

O retorno às atividades normais e ao trabalho se dá em alguns dias.

Outras recomendações específicas, relativas aos cuidados com o curativo, cicatrização, exposição solar e práticas de atividades esportivas serão dadas pelo seu médico de acordo com o seu caso.

A paciência e os cuidados são fundamentais no pós-operatório.

Ao longo de alguns meses você poderá ver um resultado mais natural e definitivo.

As complicações são raras devido ao preparo realizado no pré-operatório e os cuidados oferecidos durante e após a cirurgia.

A Cirurgia Plástica é um dos caminhos para conquistar mais auto-confiança e melhorar sua qualidade de vida.

Converse sobre suas expectativas com seu médico e veja o que realmente pode ser feito no seu caso, pois a perfeição não existe, porém os resultados valem a pena.

Juntos, poderão discutir as técnicas cirúrgicas existentes e a mais indicada para o seu caso, pois há de se respeitar sempre a anatomia de cada pessoa.

Não existe Cirurgia Plástica sem cicatrizes, cada pessoa tem um processo de cicatrização diferente, que não depende do médico e sim do organismo.

Você deve buscar o melhor resultado dentro da sua realidade, sem a expectativa de ficar parecido com alguém famoso ou que você admira.

Técnica Cirúrgica da Blefaroplastia

As pálpebras são formadas por uma fina camada de pele e pelo músculo orbicular dos olhos.

Internamente estão localizadas as bolsas de gordura, que se projetam e ficam aparentes com a idade.

A Blefaroplastia trata as bolsas de gordura, retirando o excesso dos tecidos flácidos.

Nas pálpebras superiores, a cicatriz fica escondida nas dobras palpebrais. Já nas pálpebras inferiores, a cicatriz fica disfarçada junto aos cílios.

Nos casos em que não há flacidez, somente bolsas de gordura.

Atenção: O vídeo, animações e conteúdos abaixo são representações simplificadas e genéricas dos diversos procedimentos cirúrgicos. Cada paciente individualmente pode ter uma escolha de técnica cirúrgica, evolução pós operatória, resultados e cicatrização diferentes.